UNIPAZ 23 anos

:: CURSOS

Aprovado em Acessibilidade

:: Psicologia Transpessoal - Apresentação

aumentar fonte diminuir fonte imprimir

CURSO:
PSICOLOGIA TRANSPESSOAL NA
ABORDAGEM TRANSDISCIPLINAR HOLÍSTICA

INÍCIO DO CURSO: 24 DE MARÇO DE 2018.


APRESENTAÇÃO

A abordagem em Psicologia Transpessoal foi oficializada em 1967 por Abraham Maslow na American Phychologica Association, na presença de Stanilav Grof, Victor Frankl, A.Sutich, J.Fadiman e introduzida no Brasil por Pierre Weil na Universidade Federal de Minas Gerais.

As considerações que se seguem permitem-nos uma melhor compreensão da definição do objeto da psicologia transpessoal na hermenêutica de Pierre Weil:
“Diferentes definições vêm sendo dadas ao longo de sua história. Podemos dizer, genericamente, que ela trata do estudo de um estado de consciência em que se dissolve a aparente fronteira entre o "eu" e o mundo exterior, em que desaparece o que chamamos de pessoa e surge uma vivência que está além. Daí vem a designação "trans-pessoal", já utilizada por C.G. Jung em sua obra, tendo o termo "psicologia transpessoal" sido oficialmente adotado nos Estados Unidos, em meados de 1969.

Podemos considerar a psicologia transpessoal como um ramo do conhecimento humano, mais particularmente da psicologia.

Consiste numa pesquisa experimental e ‘experiencial’ da natureza da realidade vivida como um ‘ir além da dualidade espaço interior/espaço exterior’, além dos limites do pensamento conceitual inerente à pessoa humana. Estuda e evidencia o caráter relativo da vivência da realidade, em função dos diferentes estados de consciência, no qual tenta identificar a natureza essencial a partir da vivência do estado de consciência cósmica ou transpessoal. Descobre o que está encoberto, ou seja, evidencia o continuum do ser na existência na forma da experiência dos seres, dissolvendo sua fantasia fundamental: a separatividade.

Permite ao homem revelar o mistério da limitação do ser na sua manifestação humana, fazendo-o viver sua não-dualidade, graças à superação da aparente oposição pessoal-transpessoal, mundo relativo-mundo absoluto. Por meio da metanóia retira o homem dos sofrimentos da paranóia projetiva das suas fantasias.

Por sua visão holística, a psicologia transpessoal é o ponto de encontro da ciência, da arte, da filosofia e da mística. Neste último caso, ela aglutina as religiões, evidenciando a origem única, apesar das divergências teológicas, ocidentais ou orientais.

Na vida prática cotidiana, mostra ao homem os caminhos e métodos que permitem o acesso ao transpessoal dentro do ‘pessoal’, por meio da descoberta do ‘mestre interior’.

Oferece a todos os homens e mulheres que desejam e praticam métodos próprios a um desses caminhos, a verdadeira liberdade e alegria de viver, pelo despertar dos valores inerentes ao ser: a sabedoria indissociável do amor para todos os seres.

Podemos enfim afirmar que a psicologia transpessoal é possuidora de um enorme potencial terapêutico, pois permite transformar as formas destrutivas de energia, como o ódio, a possessividade, o orgulho competitivo, o ciúme e a inveja, em harmonia e paz para cada ser humano e para toda a humanidade.

Para melhor orientar os interessados no aspecto subjetivo em termos semânticos, precisaremos as diferenças existentes entre a psicologia transpessoal propriamente dita, o adjetivo transpessoal e o substantivo transpessoal. — A psicologia transpessoal é um ramo da psicologia que estuda particularmente o estado transpessoal da consciência. — Entendemos por transpessoal, tomado como adjetivo, aquilo que subsiste quando desaparece o fenômeno ou a aparência da pessoa. Ou seja, transpessoal é o que fica por trás das máscaras da pessoa, dos seus condicionamentos, além da cultura.

— O substantivo transpessoal se emprega no mesmo sentido do adjetivo, tal como definimos anteriormente. Como tema ou objeto, falamos, por exemplo, do estudo do transpessoal, do surgimento do transpessoal na vida cotidiana etc. Por psicoterapia transpessoal entendemos o conjunto dos métodos de tratamento das neuroses pelo despertar do transpessoal, e das psicoses pela expressão do transpessoal semipotencializado.

Fala-se hoje de educação transpessoal, de psicoterapia transpessoal e de terapia transpessoal. Por educação transpessoal compreendemos o conjunto dos métodos que permitem descobrir ou revelar o transpessoal dentro do ser humano.

Por psicoterapia transpessoal entendemos o conjunto dos métodos de tratamento das neuroses pelo despertar do transpessoal, e das psicoses pela expressão do transpessoal semipotencializado. Por terapia transpessoal designamos o conjunto dos métodos de restabelecimento da saúde pela progressiva redução da ilusão da existência de um ‘eu’ separado do mundo.”

Abraham Maslow reconheceu quatro revoluções ou forças no desenvolvimento da Psicologia contemporânea de acordo com a classificação do seu percurso histórico:
- a primeira força é o Behaviorismo centrada na reflexologia;
- a segunda força é a Psicanálise centrada no processo analítico;
- a terceira força é o movimento humanístico, centrado no potencial humano de saúde;
- a quarta é a Transpessoal transumana, centrada no cosmo e nos ampliados estados de consciência.

Roberto Crema postula uma continuidade rumo a uma Quinta Força, centrada na consciência de inteireza, uma força de integração que alia o pré-pessoal ao pessoal e ao transpessoal: a Abordagem Transdisciplinar Holística com o seu processo da Arte de Cuidar, aliando o método analítico ao sintético, orientando-se por uma cartografia vasta e inclusiva da totalidade humana, na tarefa-desafio de desenvolver uma Terapia da Inteireza. Um projeto original e pioneiro da UNIPAZ.


Objetivo Metodologia

Para viabilizar, na prática, a Quinta Força em Terapia, na Abordagem Transdisciplinar Holística, nos últimos 30 anos, Roberto Crema tem desenvolvido um método sintético, como uma via qualitativa que complementa o método analítico clássico. Estas duas escutas e competências não se antagonizam, pelo contrário, elas se complementam.

O método analítico é um importante fruto do racionalismo científico que focaliza a parte, caracteriza-se pelo aspecto quantitativo, fundamenta-se, sobretudo, na razão e sensação, dirigindo-se pelos cinco sentidos humanos. Seu substrato neurofisiológico é o hemisfério cerebral esquerdo. Postula uma função explicativa.

O método sintético focaliza a totalidade, a interconexão, visando o processo de vinculação e unificação. Sua tendência é ampliadora e de integração. É uma via qualitativa que se indica mais por linguagem poética e metafórica. Fundamentado principalmente nas funções psíquicas do sentimento e da intuição. Parte de um espaço de indeterminismo, de intrínseca liberdade e responsabilidade. Enfatiza a participação e a singularidade de cada Encontro. Ocorre na instantaneidade, no salto abrupto e no insight. É sincronístico, reconhecendo as coincidências significativas. É experiencial: seu produto típico é fruto do laboratório vibrante da vivência humana. Seu substrato neurofisiológico é o hemisfério cerebral direito. Exerce uma função compreensiva: é um caminho para se compreender contemplativa e participativamente o universo.

Em 2011, Roberto Crema, defendeu sua tese de Master Europeen de Recherche, sobre esta metodologia, na Université de Paris 13 - em parceria com a Université de Louvain-la Neuve (Bélgica), a Université de Genève (Suíça) e o Conservatoire national des arts et métiers – Cnam (França).


ObjetivoA quem se Destina

Este curso de Aperfeiçoamento Profissional é indicado para: psicólogos, psicopedagogos, psicoterapeutas, terapeutas, psiquiatras, médicos e demais profissionais que necessitam ampliar seus conhecimentos e afeiçoar a prática da psicoterapia através da Psicologia Transpessoal, da Arte de Cuidar e da Abordagem Transdisciplinar Holística.


DestinaDuração e Estrutura Curricular

Duração:
276 horas/aula distribuídas em 23 meses em encontros de um final de semana por mês.

> Horário das aulas: Sábado: 9:00 às 18:00 e Domingo: 9:00 às 13:00
*As aulas programadas com o Prof.Roberto Crema terão a seguinte
programação:6ªfeira: 18:30 às 21:30 e Sábado: 09:00 às 18:00


CertificaçãoCertificação

Emissão de certificado em nível de aperfeiçoamento profissional para os alunos que concluírem o programa pedagógico do curso e frequência mínima de 75%.


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA MATRÍCULA:

:: Para alunos com curso superior
- Cópia do certificado de graduação;
- Cópias da Carteira de identidade e do CPF;
- 1 foto 3 x 4.

:: Para alunos sem curso superior
- Cópias da Carteira de identidade e do CPF;
- 1 foto 3 x 4.


INVESTIMENTO DO CURSO:

23 Mensalidades consecutivas- R$ 539,00 (cada uma)

Taxa de matrícula - R$100,00

:: MENSALIDADES COM DESCONTO:
> R$485,00 - Para pagamento até o 5º dia do mês.


calendário TURMA 2018 - Calendário 2018

24 e 25 de Março
Introdução à Visão Holística | Teoria Fundamental da UNIPAZ
Profª Glória Sobrinho

28 e 29 de Abril
Introdução à Abordagem Transdisciplinar
Profª Glória Sobrinho

19 e 20 de Maio
A Linha do Tempo da Psicologia no Processo da Evolução da Consciência
Profª Maria Teresa Sobrinho

16 e 17 de Junho
A Redescoberta do Ser
Profª Maria Teresa Sobrinho

20 e 21 de Julho
Antigos e Novos Terapeutas: De Philon de Alexandria a Transmodernidade
Prof.Roberto Crema

25 e 26 de Agosto
Os Quatro aspectos da Consciência na Visão Tupy Guarani
Prof. Kaká Werá Jecupé

15 e 16 de Setembro
Quatro Estados de Consciência e os Diferentes níveis de Realidade
Profª Glória Sobrinho

19 e 20 de Outubro
Caminhos da Escuta do Terapeuta - Análise e Síntese
Prof.Roberto Crema

24 e 25 de Novembro
O Olhar e a Escuta do Terapeuta
Profª Glória Sobrinho

07 e 08 de Dezembro
Ritos e Mitos: Ressonâncias Arquetípicas
Prof. Roberto Crema

calendárioCronograma 2019 e 2020
Rios do Ego: Oceano do Ser - Prof. Roberto Crema

O Totem da Inteireza Humana - Prof. Roberto Crema

Chaves da Cura e da Individuação - Prof. Roberto Crema

Além da Luz e da Sombra: A Comunicação e a Transcomunicação -
Prof. Roberto Crema

O Poder do Encontro Trandisciplinar - Prof. Roberto Crema

O Corpo: Texto Sagrado – Uma Abordagem de John Pierrakos -
Profª Lydia Rebouças

Terapia com Mandalas: Um Caminho do Pessoal ao Transpessoal -
Profª Maria Teresa Sobrinho

Terapia com Mandalas: um holograma do inconsciente -
Profª Maria Teresa Sobrinho

Neuropsicologia - Prof.Arthur Salles

Psicopatologia e Emergência Espiritual - Prof.Arthur Salles

Terapia de Vidas Passadas - ProfªCélia Werner

Tanatologia: Visões Espirituais e Médicas sobre a Morte -
Profª Glória Sobrinho

A Potência da Mente Humana e a in-formação no vácuo quântico -
ProfªGlória Sobrinho


DestinaEstrutura Curricular

Disciplina: A Abordagem Transdisciplinar Holística - 24 hs
1) Seminário: Introdução a Visão Holística:
A Teoria Fundamental da Unipaz – Cultura de Paz
Conteúdo:

A Teoria Fundamental da Unipaz, desenvolvida por Pierre Weil, parte da concepção de uma ecologia profunda, que se expressa através de três ecologias: a individual, a social e a ambiental. A partir desta teoria Pierre Weil criou a metodologia da A Artede Viver em Paz consigo mesmo, com os outros e com a natureza, método de Educação para a Paz e não Violência, publicada pela Unesco, pela qual recebeu em Paris o prêmio de Educação para Paz.
A teoria fundamental da UNIPAZ dá origem a Metodologia Transdisciplinar Holística.
A Visão Holística é uma maneira de compreender o mundo, um espaço onde é possível um intercâmbio entre ciência, filosofia, arte e tradições espirituais.
O paradigma holístico surgiu como uma resposta criativa à crise global, partindo do postulado, evidenciado por Jan Smuts (1926), do continuum informação-vida-matéria. Sendo uma abordagem inclusiva, integra, ao mesmo tempo, o adequado e positivo do antigo paradigma, transcendendo-o na direção de uma integrativa cosmovisão que leva em conta a dinâmica de o-todo-e-as-partes.
O termo holístico tem sua origem no grego HOLOS que significa TODO. Já no século VI antes de Cristo, o filósofo Heráclito de Éfeso dizia: A parte é diferente do todo, mas também é o mesmo que o todo. A essência é o todo e a parte.

2)Seminário: Introdução a Abordagem Transdisciplinar Holística
Conteúdo:

Há cerca de quatro décadas, diferentes pesquisadores como: Jean Piaget, Edgar Morin, Eric Jantsch e Basarab Nicolescu, entre outros, criaram, quase simultaneamente, o termo Transdisciplinaridade, que remete à transformação na forma de conhecer, conviver, fazer e ser (os quatro pilares da educação da Unesco) tanto na relação entre sujeito e objeto e entre as disciplinas.
Nesse sentido, há uma confluência entre a visão holística e a operacionalização da transdisciplinaridade, pois é preciso desenvolver um olhar e uma escuta para uma educação e uma terapêutica integral, que contemple as quatro inteligências na busca da integração das quatro funções psíquicas através da quatro vias do saber humano: a ciência, a filosofia, a arte e as tradições espirituais.
A trandisciplinaridade se encontra entre, através e além de todas as disciplinas e o que a fundamenta é a Complexidade, Os Diferentes Níveis de Realidade e o Terceiro Incluido. Seus princípios são: O Rigor, a Abertura e a Tolerância.

Disciplina: Linha do Tempo da Psicologia no Processo da
Evolução da Consciência - 24 hs
1)Seminário: A Linha do Tempo da Psicologia no Processo da
Evolução da Consciência
Conteúdo:

A primeira definição de Psicologia esteve vinculada à Filosofia como o estudo da alma e, a partir de seu surgimento fundamentado cientificamente, a Psicologia vem existindo através de Escolas ou Forças, com olhares distintos umas da outras.
Para uma ampliação de conhecimento, entendimento e compreensão das Escolas em Psicologia esse seminário propõe, através do olhar e abordagem de Pierre Weil, uma correlação entre elas e os níveis de realidade (interno e externo) através dos Chakras. Esse conteúdo nos dá uma visão diferenciada e um toque a mais para a prática transpessoal. Os três primeiros chakras, relacionados à segurança, à sensualidade e ao poder, são propícios ao desenvolvimento do comportamento egocentrado e muito estimulado pela sociedade de consumo. Correspondem às escolas Behaviorismoe Psicanálise, representadas por Pavlov-Skinner, Freud e Alfred Adler. O quarto chakra, o primeiro centro altruísta, do amor e da compaixão - o Humanismo,situa-se na escola "centrada na pessoa" de Carl Rogers, A Arte de Amar de Erich Fromm e o Psicodrama de Jacob Levy Moreno que promoveu o “ver pelos olhos dos outros".

2)Seminário: A Redescoberta do Ser
Conteudo:

O movimento da Psicologia Transpessoal propõe ir além do pessoal, resgatando o conceito da não fragmentação e, por sua visão holística, tornar-se o ponto de encontro entre a ciência, a arte, a filosofia e a mística. Através do quinto chakra que representa o espaço aberto, onde vibra o som da voz, do verbo, do símbolo e de onde surge a criatividade, encontramos Carl Gustav Jung.O sexto chakra corresponde praticamente ao cérebro, do qual se sabe hoje que o lado esquerdo(escola dePiaget) corresponde à razão e que o lado direito (escola de Bérgson) corresponde à emoção. O centro no nível da glândula pineal se relaciona com a escola de parapsicologia de Rhine e, o sétimo chakra é o centro transpessoal, onde a vivência holística permite a dissolução da separação espaço/exterior e espaço/interior. A ele estão relacionadas às teorias de Maslow, Assagioli, Graf-Durckheim, Jean Yves Leloup, Pierre Weil, Roberto Crema, entre outros. E, indo mais além, Roberto Crema propõe a Quinta Força: A Terapia da Inteireza.

Disciplina: A Arte de Cuidar: A Quinta Força | A Terapia da Inteireza - 96 hs
1)Seminário: Antigos e Novos Terapeutas: De Philon de Alexandria a
Transmodernidade
Conteúdo:

De Philon de Alexandria a Transmodernidade.
É preciso ousar desenvolver, uma ecologia do Ser, em que o humano possa desvelado e cultivado em toda a sua extensão, altitude e profundidade.
O discernimento do que é saúde e patologia decorre de nossas premissas antropológicas, ou seja, da imagem do homem que adotamos, na maioria das vezes através da Normose, a patologia da normalidade. É responsabilidade do educador e do terapeuta, lapidar lúcida e conscientemente um mapa qualificado e digno de um ser humano:Uma cartografia da inteireza humana – da persona ao Aberto.
Pressupostos antropológicos,é fundamental partirmos de uma antropologia não redutiva, que seja inclusiva e acolhedora de todas as dimensões do fenômeno humano. Uma cartografia da psique e dos estados de consciência que possa nos abrir um espaço de inteligência hermenêutica que possibilite a fundamental tarefa de interpretar as nossas experiências pessoais e espirituais dando-lhes sentido e orientação com critérios de discernimento.

2)Seminário: Caminhos da Escuta do Terapeuta - Análise e Síntese
Conteúdo:

A tarefa de cuidar da inteireza do Ser, portanto, solicita duas escutas distintas e complementares, a analítica e a sintética.
O método analítico é um importante fruto do racionalismo científico que focaliza a parte, caracteriza-se pelo aspecto quantitativo, fundamenta-se, sobretudo, na razão e sensação, dirigindo-se pelos cinco sentidos humanos.
O método sintético focaliza a totalidade, a interconexão, visando o processo de vinculação e unificação. Sua tendência é ampliadora e de integração. Fundamentado principalmente nas funções psíquicas do sentimento e intuição. Estas duas escutas se complementam e se harmonizam, em sinergia, habilitando-nos a uma visão e atuação de integralidade transdisciplinar holística e para a ampla escuta da inteireza humana.

3)Seminário: Rios do Ego - Oceano do Ser
Conteúdo:

Dentro de uma proposta de integração. Não se trata de negar o Ego, nem de menosprezá-lo, nem de buscar subjugá-lo. Trata-se de cativar o egoatravés de seus fundamentos: Contato e resistência, Introjeção, projeção, retroflexão, deflexão, confluência: à luz da Análise e da Síntese. Atualizar o mapa do avançar e do recuar, o desafio da intimidade, o destino e autoria. Nós aterrissamos numa dimensão corporal e a nossa tarefa na individuação, na trilha iniciática evolutiva é do físico ser capaz de informação, de psique.
Nós decolamos quando do físico somos capazes de alma, somos capazes de nous e somos capazes de habitar essa mansão do sagrado, ser capaz do silêncio e do imaginal, e, nós vamos encontrar em todas as tradições espirituais da humanidade esse decolar. Mas, antes de decolar nós aterrissamos na matéria e fará parte da trilha iniciática despertar a alma, despertar para a consciência, despertar para a grande Vida. Assim nós conciliamos o mais concreto com o mais sutil, a matéria com a luz, o pessoal e o transpessoal.

4)Seminário: O Totem da Inteireza Humana
Conteúdo:

Um itinerário consciencial através de todos os elementos materiais e imateriais, que constituem o nosso Totem, preenchendo a lacuna entre mundos interconectados, rumo a uma Aliança entre o relativo e o Absoluto, entre a existência e a Essência, fechando os olhos do corpo e da memória para, no segredo da vivência interior, abrir os olhos à dimensão noética e penetrar no MundusImaginalis, à escuta das respostas que poderão preencher a página em branco, para o resgate da consciência do Totem Humano. Cuidar do totem da nossa inteireza, tendo como norte a plenitude do Ser, eis o supremo desafio da existência humana.

5)Seminário: Ritos e Mitos: Ressonâncias Arquetípicas
Conteúdo:

O mito, como o sonho é, essencialmente, transdisciplinar. A sua compreensão justa faz apelo às quatro funções psíquicas, pesquisadas por Jung: o pensamento, o sentimento, a sensação e a intuição. Como afirma Campbell, um ritual é uma organização de símbolos mitológicos; e participando do drama do rito, o homem é colocado diretamente em contato com eles, não como relatos verbais de eventos históricos, sejam eles passados, presentes ou ainda por vir, mas como revelações, aqui e agora, daquilo que sempre foi e sempre será. O poder do símbolo, do mito e do rito, as dimensões do imaginal, diábolos e symbolos: uma sinergia.
Sonhos, mitos e tradições sapienciais. De Freud a Castañeda. Sonhos lúcidos, comunidade de Sonhos.

6)Seminário: Chaves da Cura e da Individuação
Conteúdo:

O enfoque sintético, da proposta de uma síntese transacional, parte de alguns metaprincípios ou metaconceitos fundamentais no campo da saúde psíquica e do desenvolvimento evolutivo, no marco de uma abordagem holística. São postulados heurísticos e norteadores de uma visão de inteireza na prática psicoterápica.
Um metaprincípio é mais do que um princípio: é um princípio de princípios. Sua aplicação tem um valor de abrangência imenso, já que está implícito em todas as demais proposições do sistema conceptual. Sua compreensão tem valor de um aprender a aprender, desvelando aos nossos olhos um novo e ampliado horizonte de transformações possíveis.
O Terapeuta Holocentrado, o processo Iniciático: transdisciplinaridade em ação, Metapatologia: a raiz do sofrimento humano, Metaterapia: o despertar da Presença; Além da especialização: o desafio vocacional.

7)Seminário: Além da Luz e da Sombra – A Comunicação e a
Transcomunicação.
Conteúdo:

O ser humano é um ponto de encontro entre mundos entrelaçados, um espaço de sinergia, de trocas constantes e paradoxais. O que está em cima é como o que está embaixo, afimarva Hermes, o Três Vezes Grande.
Encarnamos um pedacinho da Totalidade, habitada pelo Mistério da Vida. Como o sal da terra, somos um espaço onde todos os reinos podem sentir o seu próprio sabor, para saber ser. Os olhos do céu estrelado que meus olhos olham, também me olham. Mútua contemplação, sem fusão, sem divisão...
A comunicação horizontal e a transcomunicação vertical. A obra em construção é o Ser Humano!

8)Seminário: O Poder do Encontro Trandisciplinar
Conteúdo:

A abordagem transdisciplinar introduz uma nova qualidade nos horizontes do encontro, que implica na sua ressignificação e instaura o que traduzo como Encontro - com inicial maiúscula. Em breves palavras, o Encontro transdisciplinar transcorre no universo de uma pluralidade dimensional, envolvendo diversos e complementares níveis de realidade, com suas lógicas, dinâmicas e habitantes singulares, que constituem universos próprios, envolvidos sinergicamente, irredutíveis uns aos outros. Naturalmente, a sua natureza é a da complexidade, já que transcorre numa tapeçaria de ontologias, cosmologias e de fenomenologias diversas e complementares, aberta ao Numinoso, ao terceiro incluído, a dimensão transracional do sagrado, território da conciliação dos opostos, coincidentia oppositorum.
Encontro transdisciplinar transcorre na simultaneidade de uma ecologia inclusiva e multidimensional, que implica em três esferas: a somática, a psíquica e a noética, ou a física, a informacional e a arquetípica. O Encontro transdisciplinar é integral, conciliando o aspecto pré-pessoal com o pessoal e o transpessoal, em criativa e expansiva sinergia. Neste sentido, ele transcorre na convergência entre a comunicação horizontal humana e a transcomunicação vertical, compreendida como a relação que transcende a dimensão pessoal e egoica, aprofundando-se no hemisfério do infra-humano e ascendendo no do transumano, incluindo o pré-pessoal e o transpessoal na dinâmica do Encontro.

Disciplina: Terapia com Mandalas: Um Caminho do Pessoal ao
Transpessoal - 24 hs
1)Seminário: Mandala - “Círculo Mágico” segundo Carl G. Jung
Conteúdo:

A existência das mandalas é tão antiga quanto as mais remotas manifestações culturais da humanidade e designa as figuras geométricas formadas a partir do centro de um círculo e através de sua expansão chega-se a um espaço sagrado. Cada traço, forma e cor remete a uma reflexão, uma compreensão maior do rico universo que é o ser humano.Nesse seminário entraremos em contato com a Mandala Geométrica,o Labirinto - vivenciando o Caminho Sagrado, oNúmero de Ouro que nos permite contemplar o Mistério e com areorganização interior.Para Jung, a experiência transpessoal é importante para a saúde mental.

2)Seminário: Mandala - Um Holograma do Inconsciente
Conteúdo:

A Mandala Livre possibilita o encontro com o próprio centro, para um maior entendimento e compreensão, ampliando a concentração, a intuição e a criatividade. Criar, pintar e admirar uma mandala é ir ao encontro de si mesmo, é refletir sobre as ações pessoais em relação ao mundo no qual se vive e interage. Elaé o reflexo do Eu, promove a recordação dos sonhos, a expansão da consciência e o crescimento espiritual. Por tudo isso,a mandala, como ferramenta em um processo terapêutico, facilita o caminho do pessoal ao transpessoal. Juntos, os dois seminários propõem utilizar as mandalas como uma possibilidade de ampliaçãodo autoconhecimento e da prática da Terapia Transpessoal.

Disciplina: Tanatologia - Visões Espirituais e Médicas sobre a
Morte - 12 hs
1)Seminário: A Arte de Viver a Passagem e os Cuidados Paliativos
Conteúdo:

A Arte de viver a Passagem nas visões: O livro Tibetano do viver e do morrer,o livro Cristão Ars Moriend e médicas de Elisabeth Kluber Ross e Raymond Moody.
Na tradição budista a morte significa a morte da ilusão, a morte deste agregado de consciência, de vontade, de desejo, bem como outra visão compreende a morte como carma, uma conseqüência dos nossos atos. Será a oportunidade de entrar uma nova vida, melhor, pior ou semelhante, de acordo com os atos que praticamos na vida atual.
Temos também a que vem através do cristianismo. Nesta visão a morte não é o fim da vida. A morte é o despertar para o que São João chama de “a vida eterna”. É a experiência da ressurreição.
Na visão materialista temos: A morte é o fim e nada há além disso.
“Quando reprimimos o medo da morte, somos possuídos pelo medo da sobrevivência.” Jean Yves Leloup
Cuidados Paliativos: ACOMPANHAR A VIDA ATÉ AO DESENLACE FINAL

Disciplina: Neurociência à Luz da Transdisciplinaridade - 24hs
1)Seminário: Neuropsicologia à Luz da Transdisciplinaridade

Será abordado uma ampla gama de informações sobre neuropsicologia na abordagem transdisciplinar holística, parauma melhor compreensão da psicologia transpessoal através da luz e da sombra:
- Fundamentos da Neuropsicologia / Neurociência;
- Neuroética – os valores segundo o binômio cérebro/mente;
- Desenvolvimento e dinâmica do Sistema Nervoso Central;
- Novas concepções sobre consciente, inconsciente, pensamento;
- Normalidade e anormalidade – mediania e variações da média;
- A gênese do preconceito na visão neuropsicológica;
- O Quociente Transdisciplinar.

2) Seminário: Psicopatologia e Emergência Espiritual
Conteúdo:

No aprofundamento da neuropsicologia à luz da abordagem transdisciplinar holística, serão abordados temas de relevada importância para a compreensão da importância da psicoterapia transpessoal no olhar e na escuta da terapia da inteireza:
- Saúde e transtorno mental;
- Causa endógena X exógena;
- loucura ou obsessão?
- Materialidade X espiritualidade? diferentes dimensões vibracionais patogênicas: anatômica, fisiológica e energética; Anatomia clássica e anatomia sutil;
- CONSCIÊNCIA cósmica X consciência individual? Unicidade X multiplicidade;
- A lógica da Palingênese e da Lei de causa e efeito;
-O binômio involução-evolução, a Cosmogênese e o significado do sofrimento humano: causas anteriores ao Big Bang;
- A alma humana no 3º milênio e a mudança paradigmática: a era da transmutação anunciada

Disciplina: O Corpo – Texto Sagrado – Uma Abordagem de
John Pierrakos - 12 hs
1) Seminário: O Corpo – Texto Sagrado
Conteúdo:

Inspirada na abordagem desenvolvida por Dr. John Pierrakos, segundo a qual na nossa Essência todos somos Amorosos, Verdadeiros, Criativos, Espontâneos...
Esta Essência é nossa centelha Divina, o Sagrado em nós. As dificuldades surgem quando criamos, a partir das vivências dolorosas de nossa vida, a Máscara e Eu Inferior, que obstruem e bloqueiam nossa conexão com o que verdadeiramente somos.
“O Corpo, texto Sagrado” propõe a conscientização dos traumas que ocorrem no desenvolvimento humano, como ficam registrados em nossos corpos e como podemos superá-los visando a cotidiana experimentação da Essência.

Disciplina: Os Quatro Estados de Consciência e os Diferentes níveis de Realidade - 12hs
1) Seminário: Consciência e Realidade
Coteúdo:

VR f = (EC)- Pierre Weil criou esta fórmula para exemplificar que A VIVÊNCIA DA REALIDADE È FUNÇÃO DO ESTADO DE CONSCIÊNCIA EM QUE NOS ENCONTRAMOS.
As experiências nos levam a resposta para perguntas como:
É o estado de Consciência de Vigília um estado verdadeiramente desperto?
Existem outros estados de consciência em que são vivenciadas outras realidades?
Acordei ou mudei de estado de consciência?
A complexidade humana, os níveis de realidade, percebidos através dos quatros estados de consciência: Vigília, Sonho, Sono Profundo e Transpessoal.
O Psicodrama da Esfinge. Processo terapêutico desenvolvido por Pierre Weil.
A esfinge como modelo evolutivo da consciência: A realidade interna e externa.

Disciplina: Os Quatro aspectos da Consciência na Visão Tupy Guarani - 12 hs
1)Seminário: Os Quatro aspectos da Consciência
Conteúdo:

O resgate dos princípios filosóficos norteadores da sabedoria ancestral brasileira, em especial a Tupy, bem como seus sistemas de vida autossustentável e de cura.
A palavra ireko é o termo que busca demonstrar algo sobre a mente, mas a tradução mais próxima para este termo é “estado de ser”.
A mente e a sua natureza, de acordo com a visão tupy, é a disposição mental que determina o sucesso ou o fracasso, o bem ou o mal, a harmonia ou a desarmonia, a conexão com o divino ou a conexão com seres de limitação astral.
Os quatro aspectos da consciência do ser, ou as quatros mentes:
(supraconsciente, consciente, subconsciente e consciência coletiva).
As características das quatro mentes e como elas interferem na jornada arquetípica de cada indivíduo na Terra.
:: Integração e conexão com a luz das raízes ancestrais.

Disciplina: O Olhar e a Escuta do Terapeuta na Terapia da Inteireza - 12 hs
1)Seminário: O Olhar e a Escuta do Terapeuta
Conteúdo:

Num mundo onde a comunicação é vista como fonte de poder e única saída para os graves problemas de convivência e entendimento que geram conflitos familiares, profissionais e políticos, avaliar como interagimos, como nos comunicamos, como resistimos ou nos abrimos ao outro; como aceitamos ou rejeitamos o novo baseados em experiências interpessoais passadas, tendo momento como objetivo gerar relacionamentos mais saudáveis e efetivamente evolutivos.
O Cuidado como o novo paradigma da convivência pacífica.
O olhar e a escuta integral do terapeuta consigo mesmo e com o outro.
A arte de lidar com os conflitos intra e interpessoais.
Encontro terapêutico: diálogo - silêncio - semântica.
A arte de cuidar é, fundamentalmente, uma práxis e isso significa que se fundamenta no fazer. O conhecimento da técnica na ação de cuidar é básico, mas também a intuição e a sensibilidade.

Disciplina: Fronteiras da Regressão - 12 hs
1)Seminário: Terapia de Vidas Passadas
Conteúdo:

A Terapia de Vidas Passada (TMP) engloba três períodos, os quais são o Antigo (pré-Mesmer), o Moderno (pós-Mesmer, século XIX) e o Recente (período pós-Netherton, século XX).
? Período Antigo: utilizada pelas religiões e em templos do Sono (Egito, Grécia, por exemplo), pelo hinduísmo e budismo.
? Período Moderno: refere-se ao Mesmer, famoso hipnotizador que difundiu a hipnose na Europa, despertando o interesse em outros profissionais.
? Período Recente: diz respeito ao trabalho do Dr. Morris Netherton, psiquiatra americano, o qual cunhou o termo em inglês Past Life Therapy e sistematizou a técnica, afirmando que realizava as regressões sem utilizar a hipnose. Outros renomados terapeutas dos Estados Unidos, Europa e Brasil.
A Terapia de Vidas Passada (TVP) tem como característica fundamental o pressuposto da reencarnação e utiliza como técnica principal a regressão de memória. Embora considere tal hipótese, não está baseada em princípios de qualquer religião e, sim, em evidencias científicas da reencarnação, conforme têm demonstrado diversas pesquisas em diferentes países.
Sendo assim, acredita que as dificuldades que o indivíduo vivencia hoje têm origem em situações mal resolvidas (traumas ou condições) de suas vidas pregressas. Desse modo, através da regressão de memória - em que o indivíduo permanece em um estado de vigília – a pessoa relembra a situação traumática, desconectando-se das influencias inadequadas que esta situação provoca nela na vida atual.

Disciplina: A Potência da Mente Humana e a in-formação no vácuo quântico - 12 hs
1)Seminário: A Potência da Mente Humana no Processo Terapêutico
Conteúdo:

A teoria de que a in-formação pode ser transmitida por campos mórficos não-materiais torna possível um paradigma no qual fenômenos como a telepatia ou experiências extra-sensoriais possam ser compreendidos. Os campos mórficos também se estendem além do corpo físico.
O que a in-formação (termo cunhado por David Bohm) é: A in-formação é uma conexão sutil, quase instantânea, não-evanescente e não-energética entre coisas em diferentes locais do espaço e eventos em diferentes instantes do tempo. Tais conexões são denominadas "não-locais" nas ciências naturais e "transpessoais" nas pesquisas sobre a consciência. A in-formação liga coisas (partículas, átomos, moléculas, organismos, ecologias, sistemas solares, galáxias inteiras assim como a mente e a consciência associadas com algumas dessas coisas independentemente de quão longe elas estejam umas das outras e de quanto tempo se passou desde que se criaram conexões entre elas.
A teoria de que a in-formação pode ser transmitida por campos mórficos não-materiais torna possível um paradigma no qual fenômenos como a telepatia ou experiências extra-sensoriais possam ser compreendidos. Os campos mórficos também se estendem além do corpo físico.
No início do século XX, Charles Richet, prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia escreveu um Tratado sobre Metapsíquica subjetiva e Metapsíquica objetiva. Também neste século, o psicólogo J. B. Rhine, Phd. da Universidade de Duke, fundamentou a ciência da Parapsicologia e Leonid L. Vasilier, da Universidade de Leninegrado, dedicou-se ao estudo desses fenômenos.
Função Psi recebe hoje várias denominações, incluindo o “efeito psicológico” em algumas situações (sugestão, contágio mental, neuromarketing, etc.).


CORPO DOCENTE:

O corpo docente é constituído por pesquisadores, especialistas, mestres e doutores de reconhecida experiência na Abordagem Transdisciplinar Holística.

arthurArthur Monteiro Salles,
Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, graduação em Psicologia pela Federação das Faculdades Celso Lisboa, graduação em Educação Física pela Universidade Castelo Branco, Mestrado em Psicologia Educacional pela Universidade Gama Filho, Especialização na Abordagem Transdiciplinar Holística pela Faculdade São Judas Tadeu, Formação Holística de Base pela UNIPAZ-RJ, Docente e e membro do Colegiado da UNIPAZ-RJ. Médico da Prefeitura de Duque de Caxias, da Prefeitura de Nova Iguacu e ex-perito (psiquiatra) - Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência nas áreas de Psicologia, com ênfase em Educação e Magistério, e Medicina, com ênfase em Psiquiatria.

celiaCélia Monteiro Werner,
Mestre em Psicologia Social pela Gama Filho, Licenciatura e Formação em Psicologia pela Santa Úrsula, Especialização em Psicologia Hospitalar, em Psicoterapia Breve, em Terapia de Vida Passada, em Hipnose, em Coaching, em Neurolingüística, Formação Clínica em Análise Transacional, Aperfeiçoamento em Neuropsciologia, em Formação Holística de Base pela UNIPAZ-RJ e docente.

Glória Sobrinho,
Educadora, especialista na Abordagem Transdisciplinar Holística, doctor e master em Psychorientology(USA), Facilitadora da metodologia de Educação para a Paz desenvolvida por Pierre Weil e Diretora Presidente da UNIPAZ-RJ.




kaka Kaká Werá Jecupé,
Índio de origem Tapuia, pajé, Especialista na cosmovisão e filosofia Tupy-guarany e em ecossustentabilidade, terapeuta, educador, ambientalista, conferencista internacional, autor de diversos livros, empreendedor social da rede Ashoka, conselheiro da Bovespa Social&Ambiental, Professor da disciplina de Tradição e Medicina Ancestral dos cursos da UNIPAZ-RJ e fundador do Instituto Arapoty. Prêmio Trip Transformadores 2011.

Lydia Rebouças,
Mestre em Psicologia, Psicóloga, especializada em Cosmodrama e Psicologia Transpessoal com Pierre Weil, especializada em Core Energétic com Dr.John Pierrakos, consultora em Desenvolvimento Humano, facilitadora da Metodologia de Educação para a Paz desenvolvida por Pierre Weil e Vice-reitora da UNIPAZ.


teresa Maria Teresa Sobrinho,
Especialista em Arteterapia em Educação e Saúde pela UCAM, Graduada em Psicologia pela pela UGF, Graduação em Letras pela UERJ, Formação em Psychorientology – SMC - USA, Formação Holística de Base pela UNIPAZ-RJ, Formação em Psicologia Transpessoal pelo Centro de Estudos Transpessoais, Formação em Radiestesia e Radiônica pelo CRECOCH, Formação em Astrofísica Geral, Magnetismo da Terra, Evolução Estelar e Astrofísica do Sistema Solar pelo Observatório Nacional, Formação em Astrologia e Cosmobiologia pela UNIPAZ-RJ, Formação em Saúde e Longevidade com Mestre Liu Pai Lin pela UNIPAZ-RJ, Formação em Mandalas e Tanatologia pelo Instituto Renascer, Formação em Acupuntura Auricular Francesa e Auriculomedicina pela UNIPAZ-RJ e Sociedade Brasileira de Auriculoterapia, docente e Membro do Colegiado Acadêmico da UNIPAZ-RJ.

cremaRaviv Rozenkviat,
Doutor em Psicologia Social pela UERJ, mestre em Psicologia e psicólogo pela PUC-RJ, pós-graduado Desenvolvimento Humano - Abordagem Transdisciplinar Holística pela Faculdade São Judas Tadeu, Formação Holística de Base pela UNIPAZ-RJ, Facilitador da metodologia de Educação para a Paz desenvolvida por Pierre Weil, docente, vice-presidente da UNIPAZ-RJ e Membro do Colegiado da UNIPAZ-RJ.

cremaRoberto Crema Reitor da UNIPAZ,
Mestre em Ciências Humanas e Sociais pela Université Paris XIII, psicólogo, antropólogo, com formação em diversas abordagens humanísticas e transpessoais, criador do enfoque Síntese Transacional – uma Ecologia do Ser, na perspectiva de uma quinta força em terapia, desenvolveu um projeto de pesquisa sobre o curso básico da UNIPAZ,Formação Holística de Base, e a sua possível convergência com a abordagem biográfica, na Université Paris XIII, conferencista internacional, escritor e docente.


Desenvolvido por Verônica Camelo